20130724

recado

"…If you get lazy with your own work, or if you let your guard down, it’s like meeting a new person and thinking, “oh, I’ve met this person before!” “Oh, this person is just like that other guy.” You have a preconception that “oh, this person mostly doesn’t like this” or “I don’t really like this type of person.” [Analogously], you think that a given work is going to be easy to pigeonhole, and I don’t want that to happen. Just like when you meet a stranger for the first time and you wonder what kind of person it is, I want have the audience to have the same curiosity and take interest in my work."

20130723

20130722

o desespero sempre chega


quando a conexão vai embora...

20130712

bolsão de vomitaços

um dia しぷぎ シャイプギ acorda de sonhos muito calmos.
sua cama está quente, o quarto arrumado, o almoço pronto nas panelas.
ela já tem dificuldades pra se lembrar do rosto de sua família.
a casa, muito nova, totalmente nua de personalidades e afetos - nada nas paredes ou sobre os móveis.


(...)

vai à biblioteca em jejum.

20130710

VIII

mecanismo de defesa

god man ard ga



think only about your art


.

20130707

.

VII

glória? glória? aleluia?

Oh all the girls played mental games, 
And all the guys were dressed the same

No restrito campeonato de ataque e defesa hacker no sótão da faculdade, cypugi sabia que podia derrotá-los. O fato de todos serem homens era sua vantagem, não a considerariam como ameaça, apenas como possível troféu.

Carlos Eduardo era o mais velho e mantinha o teclado de ouro por 5 anos seguidos, tornara-se uma espécie de competidor hors concours, ainda que mesmo assim continuara a competir pelo título, não passara por sua cabeça deixar o topo. Cypugi se inscrevera online e observara ao longo da semana a repercussão no fórum. Os lazy nodes foram os mais pervertidos. Carlos Eduardo, o moderador, precisou exercer as regras e bloquear as mensagens, ainda que sua posição parecesse ambígua para cypugi –– ele sabia quem era ela? Ele a estaria defendendo? –– mas sabia do passado dele como lazy node, ainda que tenha rompido com eles anos depois da fundação por motivos nunca esclarecidos no restrito círculo de cyphers.

Cypugi se apresentou. Não era reconhecida por suas habilidades, mas decoraram seu belo rosto como espécie de condenscendência sexual. Os competidores não a consideraram, estavam concentrados demais, um deles bebia café a cada cinco segundos e respirava pelas orelhas. Eram 30 participantes na sala repleta de fios, com uma torcida ao redor, feminina em sua maioria, talvez as namoradas, talvez as que disputariam pela atenção do vencedor. Mas tantos competidores logo revelava que um terço deles eram iniciantes e o fato de cypugi não ser eliminada na primeira fase –– onde se formavam dois grupos, defesa e ataque –– surpreendera até mesmo as cheerleaders. Poderiam ser como ela? Mas era óbvio que não venceria, Carlos Eduardo estava lá, e ainda Rômulozinho, MVY, Gustavo, Flyplayer02 e tantos outros com mais experiência.

Sobraram 22 competidores na segunda fase, havia um critério ambíguo de empate na primeira, mas agora os newbies já haviam sido filtrados e sua humilhação podia ser conferida no pátio central onde se lamentavam. Mas ninguém se importava com eles, não agora que começaria o desafio dos pares. Um contra um, por sorteio. Lucas, o estagiário, havia escrito o programa que sorteava, era o momento no qual mais se divertia mesmo sabendo que ninguém repararia que aquele sorteio de 3 segundos e alguns milésimos fora resultado de um mês de trabalhos a partir do zero, ele estava começando.

Cypugi x John, o intercambista (batata, na próxima é John contra quem?, ouviu-se)
MVY x Squeezemy#
Rômulozinho x Flyplayer02 (um pequeno alvoroço)
Carlos Eduardo x Pedro (que se lamentou, queria chegar na última fase)
.
.
.

Cypugi atacou com um código que havia estudado semanas atrás, que trocava, singelamente, o 3 pelo 6 no teclado de John, através de uma via secundária enquanto atacava pela principal com um código bastante conhecido, deselegante, o que fez John se inflar de uma leve decepção com a garota, acreditando que ela conhecia apenas códigos vulgares, e por isso se preocupou em defender-se atacando, e no que atacou, o 3 e o 6 trocados e esperados por cypugi como se espera o macarrão cozinhar já estavam na ponta de seus dedos e o nocaute foi constrangedor para John que ao fim da rodada fez uso da análise do log da partida não acreditando ter perdido, acreditara em um erro. Carlos Eduardo, vencedor há vários minutos observara parte das disputa e disse para John não pedir a análise, seria desrespeitoso, percebera que cypugi não era uma tonta e a observou de longe enquanto prendia o cabelo com dois grampos. O pequeno choque logo se convertera em pequena admiração da torcida. A terceira fase seria a disputa individual dos 10 competidores restantes entre si, ataque e defesa liberados por todos os lados, o vencedor disputaria a partida final, a quarte fase invisível, com o primeiro da lista dos 11, evidentemente Carlos Eduardo que precisara de 45 segundos para travar Pedro.

Cypugi ficara em 7º lugar. Já se familiarizara com a dinâmica da competição, não precisava se segurar tanto da próxima vez, refletia.

A terceira fase seria no sábado à noite. Teria que dar um bolo em XXXX [nomes bons?] o velho amigo que já não se importava com esses campeonatos de testosterona e a alertara dias antes. Cypugi sabia que XXXX era mais rápido que todos ali e Carlos Eduardo mal podia esperar o que cypugi tinha em suas mangas de algodão rendado.

20130706

agonismos


Se de um lado [foto], por outro [foto].

Proposta de canção popular em homenagem a uma figura pública

Bolsonaro,
Se eu fosse como tu
Tirava a mão do cu
E enfiava a mão no... [repete]

20130705

.

VI

3,20
Usage fee. "Special" agents. 
Public rankings and reputation. 
Counterintuitively. Zero knowledge.

Traffic analysis can be used to infer who is talking to whom over a public network. Knowing the source and destination of your Internet traffic allows others to track your behavior and interests. This can impact your checkbook if, for example, an e-commerce site uses price discrimination based on your country or institution of origin. 

[...]

The idea is similar to using a twisty, hard-to-follow route in order to throw off somebody who is tailing you — and then periodically erasing your footprints. Instead of taking a direct route from source to destination, data packets on the Tor network take a random pathway through several relays that cover your tracks so no observer at any single point can tell where the data came from or where it's going. 


*

Comparison between systems. We should compare mix-net systems to other systems.

*

Bom nome ofensivo para o grupo rival: Lazy nodes. "Os lazy nodes". "Malditos lazy nodes".


*

Cypugi na aula de yoga pela primeira vez. "Coluna ruim".

*

Talvez um filme multi-player.


NESTA EDIÇÃO: OS HERÓIS E SUAS ORIGENS [here comes an old challenger]





adj m+f (gr antagonistés) Que é oposto ou contrário a alguém ou alguma coisa. sm 1 Anat Músculo que age em oposição a outro, que é o seu agonista. 2 Med Agente (remédio, p ex) que tende a anular a ação de outro agente. 3 Anat Qualquer dente, em relação ao da maxila oposta, ao qual se ajusta. s m+f Pessoa que é contra alguém ou alguma coisa; adversário. Antôn: amigo, aliado, partidário.

heróis como antagonistas
protagonista vs agonista

este é o problema de converter V em herói
é necessário se proteger
não ser herói

cypugi - bolsão de referências




http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2013/07/1306377-hollywood-busca-geracao-internet-com-filmes-sobre-hackers-e-ciberativistas.shtml

Ou seja, cypugi terá ainda mais antagonistas, além de Carlos Eduardo. Cypugi é invisível. O heroísmo terá para ela o mesmo efeito da luz para os vampiros.


.

A História responde I


20130701

.

V

camaleoa

"More times than we can count, we've made history, 
without history even knowing we were there."

GEN Keith Alexander - Director NSA/Chief CSS

El fin de los temas y los géneros

Ya dijimos que la escena de la visita a la cárcel carecerá, en el corto plazo, de un equivalente en la realidad. La circulación de dinero electrónico impedirá, virtualmente, el asalto a los bancos. Y si en el futuro todas las armas se aseguran electrónicamente y sólo pueden ser disparadas por el propietario y titular del seguro y si, por añadidura, cada disparo se registra automáticamente en una central, entonces el fin de los tiroteos en la pantalla está, por decirlo así, a la vuelta de la esquina.

Con la aparición del scanner de iris, capaz de identificar a un individuo en passant, peligra la comedia de enredos. Será casi imposible contar la historia del hombre que va a la cárcel en lugar de otro o la del prisionero que se pone la ropa del visitante y de ese modo logra escapar.

Con el aumento del control electrónico la vida diaria será tan difícil de representar o dramatizar como ya lo es el trabajo cotidiano.

Harun Farocki, Miradas que controlan, 1999



The National Security Agency/Central Security Service (NSA/CSS) leads the U.S. Government in cryptology that encompasses both Signals Intelligence (SIGINT) and Information Assurance (IA) products and services, and enables Computer Network Operations (CNO) in order to gain a decision advantage for the Nation and our allies under all circumstances.

The National Security Agency's headquarters in Ft. Meade, Md., in an undated file photo.

vantagens anacrônicas